segunda-feira, 6 de abril de 2015

[Resenha] Ligeiramente Casados - Mary Balogh

Skoob
Título: Ligeiramente Casados.
Título original: Slightly Married.
Autora: Mary Balogh.
Editora: Arqueiro.
Nº de páginas: 288.
Sinopse: Ligeiramente Casados - À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse "Custe o que custar!". Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum.
Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela... a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele o que acontecerá em quatro dias.
Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar.

Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados...

Nota Pessoal:

“- Uma coisa sobre os Bedwyns – falou Aidan – é que não amam facilmente, mas quando amam é com muita intensidade.” Pág.: 201

Ligeiramente Casados é tudo aquilo que se pode esperar de um romance de época. Se você ainda não conhece os traços marcantes destes livros, basta imaginar um casal complicado, vivendo sob o véu de conveniências do século XIX (ou dos séculos anteriores a esse) e que certamente irá ter um final feliz. Decerto que não sou um grande conhecedor desses livros em questão – Ligeiramente Casados é o quinto livro que leio – mas as cinco tramas que li parecem seguir basicamente este roteiro.

Isso é ruim? Não. Mas não é previsível? Certamente. Porém, a previsibilidade neste caso não deve ser encarada como um obstáculo para a leitura, porque mesmo que tudo se encaminhe para um lindo e encantador final feliz etc. e tal, a graça desses romances são os pormenores que dão um toque divertido e bastante peculiar à história.

No caso de Ligeiramente Casados, a autora soube fazer isso muito bem. Para começar, preciso dizer que o livro é cheio de paradoxos. Ao mesmo tempo que temos uma história descontraída, divertida e com uma protagonista extremamente cativante, temos conflitos causados pelas conveniências da cartilha do ‘politicamente correto’ da época, além de acompanharmos um drama que a Mary Balogh não nos despejou apenas por acaso. Talvez esse tenha sido um ponto marcante no livro. Mary Balogh incutiu uma carga de dramaticidade na sua trama, mas sem sobrecarregar o livro. O drama de Ligeiramente Casados apesar de se mostrar bastante complexo, é intercalo com passagens divertidas que acabam balanceando a história.

Não irei falar resumidamente da história, como costumo fazer na maioria das minhas resenhas, porque eu acho que a sinopse já conta tudo que precisa ser contado e não me arriscarei a soltar algum spoiler. Mas voltando...

Sobre os personagens. Eve, a protagonista, é uma personagem com com traços bastante característicos. Esqueçam e ingênua mocinha pois certamente a Eve não faz esse tipo. Foi uma personagem que me surpreende, tanto pela sua força quando pelo seu amor e dedicação ao próximo. Ela é muito independente – e quando eu digo muito, pode caprichar no muito – e não está disposta a casar só para seguir o que a sociedade diz que é isso que ela deve fazer. Sim, o nome do livro é Ligeiramente Casados e certamente deve ter algum casamento no meio. Pura conveniência. E a Eve não casa com o Aidan pela conveniência da sociedade, mas somente pelo medo de não ter um lar sobre a cabeça de sua família – se fosse somente por ela, adeus, bye, ela não casaria.

E como já comecei a falar sobre o Aidan... Aidan Bedwyn. Não gostei do personagem. Não a princípio, pelo menos. Ele faz o tipo “eu mando em tudo isso e acabou” – e apesar de ficarmos sabendo os motivos dele, não me agradou. Fez parte da história e foi de fundamental importância para que o livro se desenrolasse.

Na verdade, o fato de se mostrarem completamente independentes é o único traço que Eve e Ainda compartilham. Eles são personagem completamente diferentes. Mary Balogh gastou muitas páginas para apresentar essas divergências de personalidade dos personagens ao leitor e isso foi um pouco maçante, mas nada que comprometa a obra como um todo.

Ao contrário da minha empatia pelos Bridgertons – dos romances da Julia Quinn – não fiquei tão empolgado com a família Bedwyn. Não sei o que aconteceu, mas eles simplesmente não são os Bridgertons – sim, vocês que já leram, podem me julgar.

Quero continuar lendo a série. Não pelos personagens – cada livro será com um dos membros da família Bedwyn – mas pela própria escrita da Mary e por ter gostado dessa primeira história. Aliás, o próximo livro será o do Rannulf e a sinopse me pareceu mais interessante do que esse. Logo logo tem resenha aqui!

Boa Leitura!

sexta-feira, 13 de março de 2015

[Resenha] Mago Espinho de Prata - Raymond E. Feist

Skoob
Título: Mago – Espinho de Prata.

Título original: Silverthorn.
Autor: Raymond E. Feist.
Editora: Saída de Emergência.
Nº de páginas: 416.
Sinopse: Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, a Mão - o mais jovem larápio do Zombadores, a Guilda dos Ladrões - surpreende um sinistro Falcão Noturno prestes a assassiná-lo. Que poder maléfico fez com que os mortos se levantassem para combater em nome da Guilda da Morte? E que magia poderosa poderá derrotá-los? Mas primeiro o Príncipe Arutha, na companhia de um mercenário, um bardo e um jovem ladrão, terá que fazer a viagem mais perigosa da sua vida, em busca de um antídoto para o veneno que está prestes a matar a bela Princesa no dia do seu próprio casamento.




Nota Pessoal:

Terceiro livro d’a saga do mago, Espinho de Prata consegue ser tão magistral quanto os dois que o antecedem – Mago Aprendiz e Mago Mestre. Com uma nova história, Raymond desfocou personagens antigos, colocou como principais outros já conhecidos pelos leitores da série e inseriu alguns tão bons quanto os que já a significavam – porque não basta ter apenas uma boa trama; personagens são importantes. Antes que você desista de ler esse livro ou esta resenha, fique avisado que pode seguir em frente sem medo de ser feliz – ou melhor, sem medo de não ter lido os dois livros anteriores – porque apesar de contar com personagens antigos, esse terceiro livro começa um novo ciclo em Midkemia.

Calma, eu vou explicar! É que essa série conta um número gigantesco de livros, mas não é como se fosse uma única história. São vários livros divididos em ciclos – Mago Aprendiz inicia um ciclo que é concluído em Mago Mestre. Ou seja, Espinho de Prata já é outro ciclo que se encerrará no próximo volume, As Trevas de Sethanon. Explicado! Agora você já pode continuar a ler a resenha.

Midkemia está vivendo um período de paz. Depois de uma terrível guerra contra seres de outro mundo, o Reino passa por uma época onde a tranquilidade parece fazer morada nas casas e ruas. Porém, essa calmaria está prestes a ruir. Um plano que ultrapassa as barreiras da Magia conhecida em Midkemia está sendo construído. Um mal desconhecido pelos mais poderosos magos do Reino se levanta.

No centro de tudo isso está Arutha. O Príncipe do Reino ganha o fardo de protagonizar essa nova aventura de Midkemia. É ele que, prestes a casar com a Princesa Anita, vê sua amada sendo atacada no altar por um misterioso veneno – o Espinho de Prata. Só que o problema de tudo isso é que a princesa é envenenada por engano. Ao cair num sono profundo e mortífero, sono este destinado a Arutha, sua vida se transforma numa corrida contra o tempo.

É Arutha, que ao lado de Jimmy – um jovem e reconhecido ladrão já conhecido por quem leu os livros anteriores – de Laurie, Martin e outros guerreiros que encontra pelo caminho, partirá pelos caminhos sombrios em busca de um antídoto para o veneno que está prestes a matar a Princesa.

Só que nada é tão simples quanto pareceu a princípio. É nesta jornada que se faz conhecer o poder maléfico que está por trás desse atentado ao Príncipe. Uma antiga profecia clama a morte do Príncipe para que o mal se erga. E como tal entidade é tão desconhecida quanto se poderia, até entre os mais poderosos magos do Reino – incluindo Pug, também já velho conhecido, o mais poderoso mago de Midkemia – nada se pode fazer para detê-lo. Os combatentes do mal não podem ser feridos por armas humanas, e se o forem voltam a vida sem motivo aparente.

sexta-feira, 6 de março de 2015

Lançamentos Editora Arqueiro

Oi! O post de hoje é para contar quais são os lançamentos da Arqueiro para o mês de março. Bora conferir?

Livro no Skoob
O voo da Libélula – Michel Bussi

Na noite de 23 de dezembro de 1980, um avião cai na fronteira entre a França e a Suíça, deixando apenas uma sobrevivente: uma bebê de 3 meses. Porém, havia duas meninas no voo, e cria-se o embate entre duas famílias, uma rica e uma pobre, pelo reconhecimento da paternidade.
Numa época em que não existiam exames de DNA, o julgamento estende-se por muito tempo, mobilizando todo o país. Seria a menina Lyse-Rose ou Émilie? Mesmo após o veredicto do tribunal, ainda pairam muitas dúvidas sobre o caso, e uma das famílias resolve contratar Crédule Grand-Duc, um detetive particular, para descobrir a verdade.
Dezoito anos depois, destroçado pelo fracasso e no limite entre a loucura e a lucidez, Grand-Duc envia o diário das investigações para a sobrevivente Lylie e decide tirar a própria vida. No momento em que vai puxar o gatilho, o detetive descobre um segredo que muda tudo. Porém, antes que possa revelar a solução do caso, ele é assassinado.
Após ler o diário, Lylie fica transtornada e desaparece, deixando o caderno com seu irmão, que precisará usar toda a sua inteligência para resolver um mistério cheio de camadas e reviravoltas.
Em O voo da libélula, o leitor é guiado pela escrita do detetive enquanto acompanha a angustiada busca de uma garota por sua identidade. 


Livro no Skoob
Lançamento 12/03
Bruxa da Noite – Nora Roberts

Com pais indiferentes, Iona Sheehan cresceu ansiando por carinho e aceitação. Com a avó materna, descobriu onde encontrar as duas coisas: numa terra de florestas exuberantes, lagos deslumbrantes e lendas centenárias – a Irlanda.
Mais precisamente no Condado de Mayo, onde o sangue e a magia de seus ancestrais atravessam gerações – e onde seu destino a espera.Iona chega à Irlanda sem nada além das orientações da avó, um otimismo sem fim e um talento inato para lidar com cavalos. Perto do encantador castelo onde ficará hospedada por uma semana, encontra a casa de seus primos Branna e Connor O’Dwyer, que a recebem de braços abertos em sua vida e em seu lar.
Quando arruma emprego nos estábulos locais, Iona conhece o dono do lugar, Boyle McGrath. Uma mistura de caubói, pirata e cavaleiro tribal, ele reúne três de suas maiores fantasias num único pacote.
Iona logo percebe que ali pode construir seu lar e ter a vida que sempre quis, mesmo que isso implique se apaixonar perdidamente pelo chefe. Mas as coisas não são tão perfeitas quanto parecem. Um antigo demônio que há muitos séculos ronda a família de Iona precisa ser derrotado.
Agora parentes e amigos vão brigar uns com os outros – e uns pelos outros – para manter viva a chama da esperança e do amor.

Livro no Skoob
Lançamento 12/03
A transformação de Raven – Sylvain Reynard

A transformação de Raven - Florença, o berço do Renascimento. Um lugar culturalmente fervilhante, perfeito para quem quer esconder segredos ou está em busca de uma segunda chance. Como a doce Raven, que se muda para a cidade na tentativa de esquecer os traumas do passado e se dedicar à sua maior paixão: a restauração de pinturas renascentistas.
Um dia, voltando para casa do trabalho na Galleria degli Uffizi, sua vida muda para sempre. Ao tentar evitar o espancamento de um sem-teto, Raven é atacada. Sua morte parece iminente, mas seus agressores são impedidos e brutalmente assassinados. Assustada e prestes a perder os sentidos, ela só consegue vislumbrar uma figura sombria que sussurra: Cassita vulneratus.
Ao despertar, Raven faz duas descobertas perturbadoras: uma semana se passou desde o ocorrido e ela se transformou por completo. Quando volta ao trabalho, mais uma surpresa: alguém conseguiu burlar o sofisticado sistema de segurança da galeria e roubar a inestimável coleção de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia.
Em busca da verdade, Raven cairá diretamente nos braços do Príncipe de Florença – tão belo quanto poderoso, tão sedutor quanto maligno –, que lhe apresentará um submundo de seres perigosos e vingativos, cujas leis ela precisa aprender depressa se quiser se manter viva e salvar os que a cercam.
A transformação de Raven marca o início da série Noites em Florença, cujos personagens foram apresentados em O príncipe das sombras.

Livro no Skoob
Lançamento 19/03
Uma Longa Jornada – Nicholas Sparks

Uma Longa Jornada - Aos 91 anos, com problemas de saúde e sozinho no mundo, Ira Levinson sofre um terrível acidente de carro. Enquanto luta para se manter consciente, a imagem de Ruth, sua amada esposa que morreu há nove anos, surge diante dele. Mesmo sabendo que é impossível que ela esteja ali, Ira se agarra a isso e relembra diversos momentos de sua longa vida em comum: o dia em que se conheceram, o casamento, o amor dela pela arte, os dias sombrios da Segunda Guerra Mundial e seus efeitos sobre eles e suas famílias.
Perto dali, Sophia Danko, uma jovem estudante de história da arte, acompanha a melhor amiga a um rodeio. Lá, é assediada pelo ex-namorado e acaba sendo salva por Luke Collins, o caubói que acabou de vencer a competição.
Ele e Sophia começam a conversar e logo percebem como é fácil estarem juntos. Luke é completamente diferente dos rapazes privilegiados da faculdade. Ele não mede esforços para ajudar a mãe e salvar a fazenda da família. Aos poucos, Sophia começa a descobrir um novo mundo e percebe que Luke talvez tenha o poder de reescrever o futuro que ela havia planejado. Isso se o terrível segredo que ele guarda não puser tudo a perder.
Ira e Ruth. Luke e Sophia. Dois casais de gerações diferentes que o destino cuidará de unir, mostrando que, para além do desespero, da dificuldade e da morte, a força do amor sempre nos guia nesta longa jornada que é a vida.
P.S.: Essa edição é um relançamento com a capa baseada no cartaz do filme.
P.P.S.: Tem resenha do livro aqui no blog. Aqui!


sábado, 21 de fevereiro de 2015

[Promoção] 2 anos do blog De Frente com os Livros

Hey, hoy, leitores!
No dia 03 de Março o De Frente com os Livros - blog do Clóvis - completa dois anos. E não é todo dia que um blog completa dois anos, certo? Para comemorar em grande estilo, o Clóvis organizou, em parceria com alguns blogs, uma ultrapower promoção. Vê aí como participar!

- Para concorrer, é necessário ter um endereço no Brasil.
- Preencher o(s) formulário(s) abaixo corretamente:

1 - O Chamado do Cuco (De Frente com os Livros)


a Rafflecopter giveaway

2 - A Menina que Roubava Livros (Amante por Livros)


a Rafflecopter giveaway

3 - Garota Exemplar (Clouds And Fantasy)


a Rafflecopter giveaway

4- Fangirl (Relicário)


a Rafflecopter giveaway

5 - A Cidade dos Segredos (Tedio Social)


a Rafflecopter giveaway

  6 - A Revolução dos Bichos (Macbloo)


a Rafflecopter giveaway

7 - Dias Perfeitos (Amante Literária


a Rafflecopter giveaway

8 - Sagrada Família (Livro sobre Livro)



a Rafflecopter giveaway

9 - A Bela e a Fera (Clouds And Fantasy)  


a Rafflecopter giveaway

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

- Serão aceitas participações até 02/03/2015.
- O resultado será publicado neste mesmo post e também nas redes sociais.
- O contato será feito via e-mail.
- Se o sorteado não tiver seguido as regras corretamente ou não responder o e-mail dentro de três dias após o contato, um novo sorteio será realizado.
- As despesas de envio são por conta e responsabilidade dos blogs participantes, que tem o prazo de um mês para enviá-los após o resultado do sorteio.
- O blog não se responsabiliza por desvio e/ou extravios ocorridos pelos correios.


Boa Sorte pra todo mundo!