terça-feira, 21 de outubro de 2014

[Repasse Literário] Extraordinário.



O Clube do Livro Sergipe, promoveu um concurso cultural intitulado “Repasse Literário”, que consiste basicamente em sortear dentre os participantes dos eventos, três pessoas que têm a função de ler determinado livro e resenhá-lo. A ideia não apenas deu certo, mas revelou resenhistas de mão cheia. As resenhas foram maravilhosas, e nós – Clóvis, Érika, Faby, Fran, Lea e eu -, organizadores do Repasse, tivemos um trabalhão para escolher a resenha vencedora. 

Suzane Oliveira foi a vencedora. Agora quer ler o que ela achou do livro Extraordinário? Vê aí!




Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil.
Dr. Wayne W. Dyer

Fora do comum. Diferente. Admirável, espantoso, incrível. Excepcional. Esses são alguns sinônimos para a palavra “Extraordinário” e podemos classificar o livro de mesmo nome, da autora R. J. Palacio, com esse adjetivo. Este é o seu livro de estréia e difunde uma linda mensagem pelo mundo.

Iniciei a leitura como parte do processo “Repasse Literário”, realizado pelo Clube do Livro Saraiva – Se, e devo admitir que se não fosse por isso, provavelmente não o leria. Sim, eu fujo das sinopses mais “tristes”.

Surpreendi-me com a leitura desde as primeiras linhas, a partir daí foi paixão a primeira lida! A leitura é simples, mas interessante, flui tão fácil quanto respirar, quando se vê, estamos quase passando do ponto de ônibus onde deveríamos descer (rsrs). August Pullman tem 10 anos, nasceu com uma síndrome genética que deformou seu rosto, por conseqüência, passou por mais de 20 cirurgias para tentar reconstruí-lo, o resultado dessas cirurgias? Não vou descrever minha aparência. Não importa o que você esteja pensando, provavelmente é pior (p.11). Assim, somos apresentados a rotina da vida de Auggie (apelido familiar), desde o seu nascimento até seu primeiro ano na escola.

O livro é dividido em 8 partes, narrado por 6 personagens que possuem maior relevância, duas delas pelo nosso personagem principal. Há uma grande vantagem em ter mais de um narrador: conseguimos ter a visão geral dos fatos, além disso, nos envolve na trama como um todo e não nos cansa. Dentre essas partes, uma chamou-me atenção, ela é narrada por Justin namorado da irmã do August - e não possui a diferenciação de letras maiúsculas/minúsculas ou travessões para marcar os diálogos. Inicialmente, achei que fosse um erro de revisão da edição, mas analisando o livro como um todo notei que era proposital, que talvez houvesse algo implícito nessa desorganização, quem sabe caracterizar o Justin: seria ele desatento? Ou incapaz de diferenciar as coisas, as pessoas? Sobre o assunto, Palacio diz: as pessoas me perguntaram por que coloquei a parte do Justin em minúsculas. tudo que posso dizer é que ele é o tipo de cara que usa minúsculas, ressalto que essa afirmação também foi feita em minúsculo.

O que eu achei da obra? Eu simplesmente fiquei encantada, a ponto de desejar que a autora desse continuação, e por que não mostrar o Auggie jovem/adulto? É inocência acreditar que as pessoas não são cruéis, que a perfeição não é uma regra a qual tentamos seguir, mostrar como o personagem está enquanto adulto pode ser muito bom. Por fim, só resta dizer que super-recomendo a leitura!

~~
Diz aí se a resenha não ficou realmente... Extraordinária! Aguardem resenhas dos próximos Repasses... haha ;)


terça-feira, 7 de outubro de 2014

Maratona Literária - #EuSouDoideira

Resolvi entrar na onda do #EuSouDoideira. Desta vez não organizada por nenhum blog em especial, mas como estou de férias (aê) resolvi criar minha própria listinha e estipular um prazo pra leitura. Quando o desafio foi proposto pelos blogs Carneirismo e Fluffy, eu nem tinha conhecimento da maratona e muito menos tempo para me dispor a realizá-la. Porém, como já falei, estou de férias e resolvi realizá-la.


E o que é o #EuSouDoideira? Consiste num tipo de “Maratona Literária” onde você escolhe 5 livros para ler em 15 dias (temos aí um prazo máximo e variável de 3 dias para cada leitura). Inspirado pelo Clóvis do De Frente com os Livros, comecei minha maratona no domingo (05/10) e tenho que terminá-la até o dia 19.
Vê aí quais foram os livros que eu resolvi ler:


1 – Cartas para um Pai – Janaina Rico.
2 – The 100 – Kass Morgan.
3 – Voos e Sinos e Misteriosos Destinos – Emma Trevayne.
4 – E do Meio do Mundo Prostituto Só Amores Guardei ao meu Charuto – Rubem Fonseca.
5 – Como eu era antes de você – Jojo Moyes.

Você pode acompanhar meu progresso de leitura no instagram (Roony_Gomes).
As resenhas dos livros serão postadas com a hashtag #EuSouDoideira e os livros serão lidos na ordem acima estabelecida.
Agora deixa eu ir que tenho uma maratona para correr....ops, para ler!
Abraços,

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

[Resenha] Primavera Eterna - Paula Abreu

Título: Primavera Eterna.
Autora: Paula Abreu.
Editora: Arqueiro.
Nº de páginas: 128
Sinopse: Maia é uma jovem publicitária bem-sucedida. Tem um emprego estável, um namoro estável, uma vidinha estável. Até demais. Certo dia, tentando imaginar como seria sua vida no futuro, o casamento, os filhos, visualiza duas crianças loirinhas correndo... Loirinhas? Então ela se dá conta de onde vem aquela cor de cabelos: Diogo, o menino por quem se apaixonou à primeira vista aos 12 anos, numa cidadezinha do interior, onde costumava passar os fins de semana com a família. Acontece que ele se mudou para os Estados Unidos há mais de dez anos, e a essa altura da vida, já nem deve se lembrar mais dela.

Mesmo assim, num impulso, Maia pede férias na agência, inventa uma viagem de trabalho como desculpa para o namorado e vai para Nova York, atrás do seu primeiro amor. Primavera Eterna é a história de uma jovem cheia de sonhos esquecidos, que ousa arriscar tudo o que tem e acaba encontrando a si mesma. 

Nota Pessoal:

Jovem, divertido e tão doce e florido quanto a primavera poderia ser, Primavera Eterna é aquela livro que vai te fazer refletir sobre as muitas escolhas que vivemos fazendo todos os dias: estou no emprego certo? Estou com a pessoa certa? É realmente isso que eu quero para a minha vida?. É uma história até um pouco sonhadora (como sua personagem principal), mas talvez esse tom de correr atrás do sonho seja empregado justamente para nos dizer: ei, não seja conformista; corra atrás daquilo que faz seu coração bater um pouquinho mais acelerado.

Paula Abreu criou uma protagonista digna de fazer o leitor dar boas risadas. A Maia parece ironizar sua própria infelicidade e vez ou outra solta umas pérolas que me fez parar, fechar o livro e começar a rir. Como não rir de uma protagonista que se indaga sobre os motivos de ter sido feita da costela de Adão quando muito bem poderia-se ter arrancado uma da Marilyn Monroe e a feito dali? É com essas tiradas sarcásticas que a sonhadora e bem-sucedida publicitária – e é preciso dizer, nem um pouco conformista – Maia parecia se contentar até certo ponto. Mas como bem eu disse, nem um pouco conformada com a vidinha estável, ela resolve nada mais nada menos do que pedir férias da agência, enrolar o namorado, e partir para onde?! Nova York! E para quê?! Para encontrar um garoto lá da infância; seu primeiro amor!

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Clássicos da literatura são tema do próximo evento do Clube do Livro Sergipe

Sabe aquelas obras memoráveis que mesmo muitos anos depois do seu lançamento continuam a atrair leitores mundo afora? Pois é da ideia de trazê-los como tema de discussões descontraídas numa bela tarde de sábado que o Clube do livro Sergipe convida você para se juntar aos muitos amantes desses clássicos da Literatura Universal. 


A edição de setembro do Clube do Livro Sergipe  apresenta os clássicos da literatura mundial aos leitores do estado. Títulos como Admirável Mundo Novo (Aldous Huxley), O Mágico de Oz (L. Frank Baum) e O Morro dos Ventos Uivantes (Emily Brontë) serão apresentados ao público neste sábado, 27, às 15h, na livraria Saraiva localizada no Shopping Riomar.

Oportunidade única para discutir literatura, o evento ainda trará uma novidade: O Repasse Literário, concurso cultural promovido pelo CdL para incentivar o hábito da leitura e escrita.


REALIZAÇÃO:

Livro sobre Livro